Arquivo da tag: Reacionários

Deixemos de ser estúpidos: aumentar penas não resolve o problema da violência!

Abaixo um par de textos escritos pelo doutor em direito penal Luiz Flávio Gomes para a coluna Última Instância do portal UOL. Neles, Gomes defende a tese de que maiores penas não diminuem a criminalidade. Continuar lendo Deixemos de ser estúpidos: aumentar penas não resolve o problema da violência!

Escola “sem” partido

Caros leitores, eu estou vivo!

Um pouco mais de três meses de sumiço é reflexo de todas as minhas atividades em curso, que me forçaram a estourar a jornada comum de trabalho. Mas vou aproveitar o descanso de fim de ano e minhas férias como professor em janeiro para atualizar aqui um pouco.

E nada melhor do que registrar meus comentários sobre um recente surto da direita brasileira, a chamada escola “sem” partido. Continuar lendo Escola “sem” partido

Obama, as armas e o chá

Responda sem pensar: as políticas de Obama têm restringido ou facilitado a posse de armas por civis bem-intencionados nos EUA?

Se você respondeu restringido, me desculpe, mas você acabou de ser vítima de uma campanha comercial que usa pessoas com sérios problemas intelectuais como garotos propaganda.

Continuar lendo Obama, as armas e o chá

Lutero, o esquerdopata

A última moda entre os conservadores de galinheiro, apelidados de reacionários ou de neo-cons, é assumir uma postura simultaneamente conservadora e religiosa do ponto de vista sócio-cultural e libertária do ponto de vista econômico.

Continuar lendo Lutero, o esquerdopata

As relações inter-excludentes entre Conservadorismo e Liberalismo Econômico

“A natureza, quando formou o homem para a sociedade, dotou-o de um desejo original de agradar e de uma aversão original a ofender os irmãos. Ela lhe ensinou a sentir prazer quando o avaliam de maneira favorável e dor quando o avaliam de maneira desfavorável.”

“O êxito da maioria… quase sempre depende da simpatia e da opinião favorável dos semelhantes; e sem uma conduta toleravelmente regular, é raro obtê-las. O bom e velho provérbio, portanto, segundo o qual a honestidade é sempre a melhor política, se mantém, em tais situações, quase sempre perfeitamente verdadeiro.”

O Conservador mediano atual que acabou de ler essa citação deve estar pensando, com toda a razão, que o trecho acima é esquerdista em sua essência. Continuar lendo As relações inter-excludentes entre Conservadorismo e Liberalismo Econômico